"Chamou-me pela sua graça" (Gl 1,15)

A ordenação do padre Anderson na Igreja Matriz da Paróquia São José Operário, em Itajubá (MG). A cerimônia foi presidida pelo Arcebispo de Pouso Alegre, Dom Majella.


Texto de arquidiocesepa.org.br (adaptado)


"Na noite de 25 de março de 2022, nos reunimos na Paróquia São José Operário, em Itajubá-MG, para testemunhar a caminhada vocacional que constrói a Igreja.


Deus chama a cada um, de forma pessoal e intransferível.


Assim como Jesus chamou os seus discípulos à beira do mar da Galiléia, Ele também passou nesta cidade e lançou um olhar profundo no coração do jovem Anderson, “chamando-o pela sua graça” (cf. Gl1,15).


Nascido no seio de uma família simples e religiosa, desde pequeno sentiu o chamado de Deus para a vida religiosa, principalmente através de uma vida ativa nesta comunidade paroquial. Depois de um profundo discernimento, ingressou no Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora Auxiliadora no dia 3 de fevereiro de 2012. Realizou os estudos filosóficos e teológicos em nossa Faculdade Católica entre os anos de 2013 a 2019, e seu labor pastoral em diversas paróquias de nossa Arquidiocese, bem como em algumas instituições como a APAC e Fazenda da Esperança, além de colaborar na Pastoral da Comunicação e na Pastoral Vocacional arquidiocesana. Terminado seu processo formativo no Seminário, foi designado para exercer o seu estágio pastoral na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, em Andradas, e terminou sua síntese vocacional na Paróquia Bom Jesus, em Bueno Brandão.


Foi ordenado diácono em 28 de agosto de 2021, na Catedral Metropolitana, juntamente com os Diáconos Felipe, Julio e Rafael. Escolheu como lema para o ministério presbiteral a perícope de São Paulo aos Gálatas: “Chamou-me pela sua graça” (Gl 1, 15)."