Vocação: um só chamado e muitas respostas



O convite é de aprofundarmos o sentido da vocação como chamado especial de Deus à nossa

realização plena enquanto pessoa humana.


Essa é nossa vocação por excelência, o chamado de Deus a toda humanidade. Um é o chamado

divino e diversas são as formas de responder, de modo generoso e gratuito, ao convite que o Senhor

nos dirige no aqui e agora da história. É essa a diversidade de dons e carismas que enriquecem o nosso caminho como seguidores e seguidoras de Jesus. No novo Testamento Jerusalém apresenta-se, ao mesmo tempo, como lugar onde se manifesta a diversidade daqueles que se dispõem a seguir o mestre e também como onde todo aquele que se coloca no caminho do seguimento deve confrontar-se consigo mesmo, enfrentar sua própria realidade, seus medos e inquietações para assumir uma resposta autentica.


Isso significa colocar os dons e talentos a serviço da Igreja como caminho para a promoção do Reino de Deus. Os carismas são dons que permitem ao cristão a realização de sua missão específica por meio dos diferentes ministérios/serviços. Há na Igreja várias maneiras de aplicá-los a serviço (cf. 1 Cor 12,1ss). Por exemplo:


A Vida Religiosa é uma vocação na Igreja que testemunha o seguimento radical de Jesus Cristo pela vivencia da fraternidade e dos conselhos evangélicos (castidade, pobreza e obediência).


A Vocação Sacerdotal, pelo exercício do ministério ordenado, quer ser sinal de Deus no mundo pelo testemunho na missão de pastorear e colaborar com a edificação da Igreja.


A Vocação Laical manifesta-se pela participação ativa e consciente na vida da comunidade cristã, pela vivencia do compromisso batismal.