top of page

Para comunicar com amor

“Não ardia nossos corações enquanto Ele falava pelo caminho?” (Lc 24,32)


Essa frase, pronunciada pelos discípulos de Emaús, se assemelha em muito também com a minha vida, e acredito que com a sua também. Principalmente quando seguimos uma rota sem parâmetros, até que um Encontro muda tudo! A começar por nós mesmos , quando arde o nosso coração, reconhecemos o verdadeiro sentido para a existência e a resposta ao anseio pelo infinito.





O caminho


Assim como muitos jovens, sempre tive uma caminhada dentro da fé católica, e nutria sonhos, medos, alegria e um coração desejoso...que tinha sede de Deus. Ao concluir o ensino Médio, prestei vestibular para Direito, cursei durante 5 anos, fiz a prova da OAB – curioso: voltando de uma missão em Brasília, fui direto fazer a prova, quando ia desenvolver ainda mais minha carreira jurídica, promissora no campo do Direito Digital, cujo tema até então era novidade, mas o amor pela missão mudou os meus planos.


O chamado


A vocação nos inquieta! De um lado, os meus planos de estabilidade; e do outro, o Senhor me convidava a lançar as redes e a buscar águas mais profundas. Mudei. Esqueci dos meus projetos e abracei o que Deus tinha para mim. Com muito medo de mudar tudo? Sim! De começar do zero em algo novo? Sim! Mas, era mais forte que eu! O Senhor me falava na oração pessoal por meio do estudo da Palavra, nos acompanhamentos espirituais com meu pároco, no dia a dia. Parecia loucura, bendita loucura! Não, não foi fácil, foi um processo... E como todo caminho, passei por provações, busquei ajuda espiritual e espiritual e profissional para seguir. Recalculei a rota, comecei a estudar comunicação social, social média, designer, pós-graduação em direito de arte etc. Enquanto mais eu me lançava, mais o Senhor se revelava a mim. Foi então. Foi então que recebi o convite para integrar a equipe de comunicação da Comissão para a juventude CNBB, os jovens conectados, após a experiência na JMJ Rio, na equipe social design. Foi um verdadeiro IDE! A partir dali, cobri , a JMJ Cracóvia 92016), Panamá (2019 e estou me preparando para Lisboa em agosto de 2023. Atualmente estou como Articuladora Nacional dos Jovens Conectados e passei a servir também na Pascom Brasil, por meio do grupo de trabalho de espiritualidade (GT), até chegar como vice coordenadora da Pascom na Arquidiocese de Aracaju, agora em 2023. Minha vida é missão!


O ardor do coração


Você deve estar se perguntando:”tá, e como você vive e se sustenta?”quando cuidamos das coisas de Deus, Ele cuida das nossas. Minha mãe sempre me recordava essa sabedoria milenar e é verdade! O chamado à missão me levou também para o campo profissional. Hoje atuo como designer, diretora de arte e assessora de mídia digital no âmbito do chamado “show business”, no seguimento cristão, com grandes artistas como Ziza Fernandes e a Sony music Gospel. E lá também procuro fazer a diferença. Daqui, amigos(as), sigo ofertando os melhores perfumes por amor a Deus, à evangelização da juventude,à Igreja. A nossa vocação nos empurra para a missão. Não tenha medo de corresponder ao chamado do Senhor. Não será fácil, mas a garantia nos é dada: Ele caminha conosco sempre. E o meu chamado ecoa com Emaùs:” Fica conosco Senhor, pois já é tarde e a noite vem chegando!”.



Autora: Layla Kamila Santos


Publicação mensal da Pastoral Vocacional de Bueno Brandão

Comentarios


bottom of page